Compartilhe

Corupá inicia vacinação contra febre amarela

Publicado em 05/09/2018 às 10:37 - Atualizado em 05/09/2018 às 10:37


Créditos: Fonte: Prefeitura de Corupá Baixar Imagem

Corupá iniciou esta semana a Campanha de Vacinação contra a Febre Amarela para os moradores da área rural do município. A vacinação vai até o dia 29 de setembro e o público alvo são pessoas de 9 meses a 59 anos que residem no interior do município. A meta é vacinar 2.483 pessoas. E para atingir este público, equipes da Secretaria Municipal de Educação, formadas por vacinadores e agentes de saúde, estão visitando casas e também vão atender em igrejas e salões de comunidades do interior em horários alternativos (confira a tabela abaixo). A campanha acontece desde o começo do ano em todo o Brasil sendo que a meta do Ministério da Saúde é de vacinar 77,5 milhões de pessoas.

 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive), intensificou a vacinação contra a febre amarela no Estado, principalmente para as regiões com extensa área rural. A imunização foi dividia em três fases até o dia 30 de outubro. A ação iniciou nos municípios da região próxima de corredores ecológicos, que são regiões de matas e rios, podendo vir a ser prováveis rotas de avanço do vírus da febre amarela em Santa Catarina. A primeira da campanha aconteceu até julho e abrangeu moradores do Planalto Norte e uma parte do litoral Norte.

 

Entre 1º e 30 de setembro, a intensificação ocorrerá nos munícipios de Corupá, Rio dos Cedros, Jaraguá do Sul, Schroeder, Pomerode, Blumenau, Massaranbuba, Guaramirim, Luiz Alves, São João de Itaperiú, Barra Velha, Araquari, Balneário Barra do Sul e São Francisco do Sul. Nesta fase, serão aplicadas 52.791 doses da vacina.

 

O terceiro e último momento será entre os dias 1º e 30 de outubro, com a aplicação de doses da vacina nos municípios do Vale do Itajaí e parte do litoral.

 

Segundo o secretário municipal de Saúde Irineu Pasold, nesta campanha de vacinação  contra a febre amarela, serão priorizados os moradores de áreas rurais do município, já que por residirem em regiões próximas de matas estão mais suscetíveis a picadas de mosquitos. “A vacinação é recomendada pelo Ministério da Saúde e para que possamos atingir a meta de uma forma mais eficaz, vamos mais perto dos moradores do interior por meio da descentralização da campanha. Nossas equipes de vacinação estarão trabalhando em parceria com os agentes de saúde visitando casas e montando salas de vacina em igrejas e locais de fácil acesso para os moradores do interior. Por isso, pedimos que as pessoas recebam os vacinadores ou que procurem o lugar mais perto de suas casas para receber a dose da vacina ”, explica o secretário.

 

Sintomas da doença

 

Transmitida atualmente pela picada de mosquitos silvestres, que vivem na copa das árvores na floresta e à beira das matas, a febre amarela é causada por um vírus do mesmo tipo dos que causam dengue, zika e chikungunya.

 

Os sintomas iniciais da doença costumam aparecer entre três e cinco dias após a infecção: febre, calafrios, dores nas costas e corpo, náuseas, vômitos e fraqueza. Cerca de 20% das pessoas contaminadas desenvolvem a forma grave da doença.

 

Nestes casos, existe uma melhora do quadro inicial, e depois uma piora, acompanhada de icterícia (coloração amarelada da pele e do branco do olho), insuficiência renal e hepática e hemorragias. Este quadro grave pode levar à morte.

 

Não existem medicamentos específicos para o tratamento da febre amarela. Apenas os sintomas são tratados e o paciente melhora em função da resposta de seu próprio sistema imunológico. Analgésicos e antitérmicos podem ser usados para aliviar a dor e a febre. O Ministério da Saúde, no entanto, recomenda evitar aspirina e derivados, já que podem favorecer reações hemorrágicas.

 

 

CONFIRA O ROTEIRO DE VACINAÇÃO CONTRA A FEBRE AMARELA:

 

Pontos Estratégicos:

 

10/9 - 18h às 20h- Campo Floresta- Ano Bom

11/09 - 18h às 20h - Igreja São Pedro e São Paulo

12/9 - 18h às 20h - Restaurante Dias- Rio Novo

13/9 - 18h às 20h - Igreja Rio Paulo 

17/9 - 18h às 20h - Salão Carioca- Pedra de Amolar

18/9 - 18h às 20h - Escola Tamanini- Itapocu

19/9 - 18h às 20h - Campo do Antares- Poço d'Anta

20/9 - 18h às 20h- Casa filho Maria Pedrelli - Carroeira

24/9 - 18h às 20h - Igreja Oswaldo Amaral

 

 

Visitas às casas:

 

04/9 - Faxinal- manhã

06/9 – Guarajuva - Caminho Pequeno- tarde

06/9 - Garrafão - manhã

11/9 - Itapocu - tarde

12/9 - Ano Bom Fundos- manhã 

13/9 – Carroeira - tarde

18/9 - Oswaldo Amaral- manhã

18/9 - Caminho Pequeno -tarde

 

ESFs COM HORÁRIO ESTENDIDO:

 

ESF2

04/9 - até às 20h

11/9 - até às 20h

18/9 - até às 20h

25/9 - até às 20h

 

ESF3

04/9 - até às 18h

11/9 - até às 18h

18/9 - até às 18h

25/9 - até às 18h

 

ESF4

20/9 - ESF4 das 18 às 21h

 

Sábados

15/9 - 8h às 16h30 - Unidade de Saúde do centro e ESF4- (Vila Izabel)

29/9 - 8h às 16h30 - Unidade de Saúde do centro e ESF4- (Vila Izabel)


Rua Arthur Gumz, 88, Vila Nova, Jaraguá do Sul - SC
CEP: 89259-340