Compartilhar share

Municípios da Amvali realizam campanha de vacinação contra gripe

Publicado em 22/03/2020 às 21:28 - Atualizado em 23/03/2020 às 12:24

 

 

 

O Ministério da Saúde inicia na segunda-feira (23/3) a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe. A campanha que estava programada para abril, foi antecipada com o objetivo de proteger os públicos prioritários contra os vírus mais comuns da gripe.

A vacina contra influenza não tem eficácia contra o coronavírus, porém, neste momento, irá auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico para coronavírus, já que os sintomas são parecidos. E, ainda, ajuda a reduzir a procura por serviços de saúde.

Estudos e dados apontam que casos mais graves de infecção por coronavírus têm sido registrados em pessoas acima de 60 anos, grupo que corresponde a 20,8 milhões de pessoas no Brasil. Por isso, a primeira etapa da campanha contempla esse público.

A vacina, composta por vírus inativado, é trivalente e protege contra os três vírus que mais circularam no hemisfério sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).

Confira como será a programação e os locais de atendimentos nos municípios associados à Amvali:

 

Barra Velha

A Secretaria de Saúde de Barra Velha, realizará o atendimento da população das 8h às 17h, sem fechar para o almoço. As doses serão aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros:

- Sertãozinho, Pedras Brancas, Quinta dos Açorianos, Escalvado, Rio Novo e Medeiros.

Além destes estabelecimentos serão abertos dois pontos estratégicos, sendo o Ginásio do São Cristóvão (Escola Antônia Gasino de Freitas), Ginásio do Centro e Salão da Igreja Católica Itajuba.

As demais vacinas de rotina serão suspensas em todas as unidades.
A partir da próxima semana as demandas espontâneas e os casos de urgência e emergência serão atendidos somente no Pronto Atendimento 24 horas e nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros São Cristóvão, Centro e Itajuba.  

 

Corupá

Em Corupá, por conta da situação de pandemia do Coronavírus, a Secretaria Municipal de Saúde optou em alterar o local da imunização: para evitar que idosos se desloquem aos postos de saúde, ficou definido que a vacinação ocorrerá no Salão Paroquial da Igreja Católica São José, que fica na Rua Padre Vicente Schmitz, 116, no Centro de Corupá.

A vacinação desta primeira etapa da campanha ocorrerá no Salão Paroquial, de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30, e de 13h30 às 16h30. Os idosos que tiverem carteira de vacinação devem levar o documento. Caso o morador não tenha, precisa levar documentação com foto.

Neste primeiro momento, a Secretaria de Saúde optou em realizar o atendimento por ordem de chegada. “Vamos acompanhar a demanda. Caso verificarmos que muitos idosos procurem a imunização ao mesmo tempo, e que ocorra aglomeração de pessoas no local, vamos avaliar o atendimento por número específico de fichas por dia. Mas o local é amplo, e vamos viabilizar mais de uma ‘salinha’ de aplicação no local, para agilizar o atendimento”, explicou a secretária de Saúde de Corupá, Bernadete Hillbrecht. 

Trabalhadores serão realocados

A Secretaria de Saúde vai deslocar três enfermeiros para atuarem nesta etapa da imunização. Eles contarão ainda com apoio de agentes comunitários e de funcionários de serviço geral. Os profissionais que vão aplicar as vacinas vão usar equipamentos de segurança como máscaras cirúrgicas, luvas, jaleco com manga comprida e sapatos fechados.

Caso algum idoso de 60 anos ou mais não tiver condições de deslocamento porque está doente ou acamado (principalmente com sintomas gripais ou com problemas respiratórios), os familiares devem avisar o posto de saúde de referência (o que fica mais perto da residência da família). Funcionários da saúde irão até a casa do idoso realizar a vacinação.

Vacinação das crianças

Conforme o Ministério da Saúde, crianças são consideradas multiplicadoras de vírus respiratórios e, por isso, o Programa Nacional de Imunizações do Brasil (PNI) distanciou um público do outro. Serão duas semanas de intervalo entre uma fase e outra.

Na segunda etapa da campanha, que começa no dia 16 de abril, entram os professores, profissionais das forças de segurança e salvamento, além dos doentes crônicos.

Já partir de 9 de maio, quando também ocorre o Dia D de vacinação, serão imunizadas as crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias); pessoas com mais de 55 anos; gestantes; mães no pós-parto (até 45 dias após o parto); população indígena e portadores de condições especiais. A campanha segue até o dia 22 de maio.

Nestas duas últimas etapas da campanha, a princípio, este público será vacinado nos postos de saúde de Corupá. Lembrando que os postinhos estão restringindo a entrada de acompanhantes na área interna da unidade. Só entram pais ou responsáveis por crianças, ou acompanhantes de idosos. Todas estas medidas estão sendo adotadas para evitar ao máximo o contágio do Coronavírus no Município.

Vacinação das demais doenças

A sala de vacinas que fica no PSF3, na Unidade Básica de Saúde do Centro de Corupá (Rua Nereu Ramos), continua aberta para os atendimentos de rotina. A orientação é procurar a unidade em caso de urgência, se não houver como esperar para a imunização ser realizada. O objetivo é que pessoas assintomáticas evitem ao máximo o deslocamento para unidades de saúde.

 

Guaramirim

A Prefeitura de Guaramirim, através da Secretaria de Saúde, definiu os locais e a forma como será realizada a vacinação em idosos contra o H1N1 (gripe). A aplicação das vacinas iniciará nesta terça-feira (24), a partir das 07h30. Os trabalhos seguirão até as 16 horas sem fechar para o almoço.

O secretário de Saúde de Guaramirim, Marcelo Deretti, informa que foram definidos quatros pontos específicos para a vacinação. O Ambulatório Municipal de Especialidades (AME), no Centro, o CEI Santina Schorck (Avaí), CEI Paula Feldmann (Rio Branco) e Escola José Dequech (Corticeira). “Nestes pontos estaremos fazendo o atendimento em dois formatos. Para quem for de carro faremos a vacinação no veículo. E para quem for a pé ou de bicicleta, o cidadão deverá receber a dose dentro da unidade”, explica.

Este formato de vacinação definido pela Secretaria de Saúde de Guaramirim atende a recomendação do Ministério da Saúde, de evitar aglomero de pessoas, em especial idosos, nos postos de saúde. “Não haverá vacinação nos postos de saúde de Guaramirim, apenas nos quatro pontos definidos. Essa medida é para preservar a saúde dos nossos idosos”, salienta.

 

Jaraguá do Sul

Jaraguá do Sul contará com atendimento em 22 Unidades de Saúde com sala de vacina espalhadas pela cidade.

A supervisora de Imunização, Ana Cristina Machado Kneipp, explica que a decisão de priorizar especialmente os idosos se deve ao fato da vacina ser uma proteção em relação às doenças respiratórias mais comuns, que, dependendo da gravidade, podem levar a morte.

“Em relação às pessoas acamadas, peço para que os familiares entrem em contato com a unidade de Saúde do seu bairro, relatando essa necessidade, para que as equipes se organizem logisticamente para fazer o atendimento”, ressalta a supervisora. 

Prioridades de atendimento  - Além disso, a supervisora ainda orienta que as pessoas que se encaixam no grupo da primeira etapa procurem os postos de saúde especialmente no período da tarde, evitando assim acúmulos nas unidades. Isso porque, no período da manhã, as unidades estarão com atendimento voltado para casos de sintomas respiratórios. “Com isso conseguiremos zelar pelo cuidado de todos, evitando a concentração de pessoas em um mesmo período”, afirma Ana.

Confira abaixo os postos de saúde com sala de vacina
As unidades, em sua maioria, atendem das 7 às 11h30 e das 12h30 às 16h30.

Posto de saúde Amizade - Unidade Básica de Saúde Germano Hornburg
Telefone: (47) 3371-0245 - (47) 3275-2145

Posto de saúde Barra do Rio Cerro - Unidade Básica de Saúde Wolfgang Weege
Telefone: (47) 3376-1329

Posto de saúde Boa Vista - Unidade Básica de Saúde Rosivaldo Inojosa de Farias
Telefone: (47) 3371-5833 - (47) 3376-5797

Posto de saúde Chico de Paulo - Unidade Básica de Saúde Reinholdo Wuerger
Telefone: (47) 3275-0946

Posto de saúde Estrada Nova - Unidade Básica de Saúde Mathilde Sebold Blunk
Telefone: (47) 3276-0690

Posto de saúde Garibaldi - Unidade Básica de Saúde Santo Estêvão
Telefone: (47) 3055-8330 - (47) 3307-4681

Posto de saúde Ilha da Figueira - Unidade Básica de Saúde Jaquelini Francener
Telefone: (47) 3370-4014 - (47) 3374-2733

Posto de saúde Jaraguá 99 - Unidade Básica de Saúde Oscar Oldenburg
Telefone: (47) 3376-4761

Posto de saúde João Pessoa - Unidade Básica de Saúde Germano Sacht
Telefone: (47) 3370-2299

Posto de saúde Nereu Ramos - Unidade Básica de Saúde Padre Antônio Echelmeyer
Telefone: (47) 3276-0211

Posto de saúde Rau - Unidade Básica de Saúde Dr. Alexander Otsa
Telefone: (47) 3371-9686

Posto de saúde Rio Cerro II - Unidade Básica de Saúde Ricardo Roeder
Telefone: (47) 3273-1077

Posto de saúde Rio Molha - Unidade Básica de Saúde Amabile Pedrotti
Telefone: (47) 3371-6340 - (47) 3371-6350

Posto de saúde Rio da Luz - Unidade Básica de Saúde Cirilo Reinke
Telefone: (47) 3276-3163

Posto de saúde Santa Luzia - Unidade Básica de Saúde Anna Preti Pedri
Telefone: (47) 3274-8149

Posto de saúde Santo Antônio - Unidade Básica de Saúde Dr. Agostinho Luís Bianchi
Telefone: (47) 3276-0570

Posto de saúde São Luís - Unidade Básica de Saúde Renato Pradi (Caic)
Telefone: (47) 3370-8710

Posto de saúde Tifa Schubert - Unidade Básica de Saúde Luiz Martins Gonçalves
Telefone: (47) 3376-6233

Posto de saúde Vila Lalau - Unidade Básica de Saúde Dr. Álvaro Batalha
Telefone: (47) 3371-8243

Posto de saúde Vila Lenzi - Unidade Básica de Saúde Dr. Erich Kauffmann
Telefone: Recepção (47) 3371-6495 - Gabinete Odontológico: (47) 3275-2123

Posto de saúde Vila Nova - Unidade Básica de Saúde Adilson Bassani
Telefone: (47) 3372-1594

Central de Vacinas
Telefone: (47) 3276-8900
Horário: Segunda a sexta-feira, das 7h30 às 16 horas

 

Massaranduba

Em Massaranduba, todas as unidades terão as doses disponíveis e atendimento de segunda a sexta-feira, das 7h30min ao meio dia e das 13h até as 16h30min, com exceção da ESF Danilo de Toffel, que terá atendimento para vacina toda segunda-feira em horário intercalado e a ESF Centro, que não fechará para o almoço.

 

São João do Itaperiú

Em São João do Itaperiú também será adiantado a Campanha Vacinação contra a Gripe Influenza, no entanto, a campanha deste ano terá uma novidade. Por conta da quarentena contra o coronavírus, a equipe de saúde do município se deslocarão até a residência dos 411 idosos mapeados.

Todos os profissionais da saúde que estarão realizando os atendimentos já foram vacinados no dia 20/03.

 

Schroeder

Em Schroeder, as doses serão disponibilizadas nas unidades do Centro e Schroeder I.

Lá, o horário de atendimento é das 7h30min até as 11h30min e das 13h até as 16h. Na primeira etapa da campanha, que tem como público alvo idosos acima de 60 anos e profissionais de saúde, o município deve imunizar 1,5 mil pessoas.

 

Veja o cronograma completo:

1ª fase (a partir do dia 23/03): idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores da saúde;

2ª fase (a partir do dia 16/04): professores de escolas públicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais;

- 3ª fase (a partir do dia 09/05): crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), povos indígenas, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, adultos de 55 a 59 anos de idade e pessoas com deficiência física, visual, auditiva, múltipla, intelectual e mental.

 

 

 

 

 

 

 


publish